Sevilha é a capital da Andaluzia, uma comunidade autônoma Espanhola. É a quarta maior cidade Espanhola. Eu tive o prazer de ir conhecer essa linda cidade em Novembro e claro, venho compartilhar o roteiro em Sevilha com vocês.

A viagem para Sevilha, fiz de ônibus com a empresa FlixBus. Já tinha visto muitos relatos dessa empresa em grupos de viajantes no Facebook e resolvi testar pra ver como seria a minha experiência. A ida e a volta de Lisboa para Sevilha me custou 25,98€. A viagem dura, aproximadamente, 7 horas, são 450km de distância.

Logo no primeiro dia fui contemplada com uma chuva fina, aquela que não molha muito, mas incomoda bastante. Depois tive dias com sol e que pude aproveitar melhor. Eu acredito que 2 dias são o suficiente para conhecer a cidade e ver os melhores pontos turísticos.

Mas, vamos logo a melhor parte, o que não perder em Sevilha:

Catedral de Sevilha + Torre La Giralda

A Catedral de Sevilha é a maior da Espanha e a terceira maior do mundo, só fica atrás da Basílica de São Pedro, que fica no Vaticano e da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, que fica no Brasil. E é, também, a maior catedral gótica do mundo.

Foi construída no século XV, onde antes era a Mesquita Alfama de Sevilha, e foi declarada património da humanidade, pela Unesco em 1987. Na Catedral está o túmulo de Cristovão Colombo.

A Torre la Giralda foi construída durante o período islâmico em Sevilha, foi o maior arranha-céus da Europa por séculos. Após a conquista Católica, La Giralda, passou a ser um campanário para a Catedral. A Torre possui 104 metros de altura, são 35 rampas e 17 degraus para conseguir chegar ao topo da Torre.

Para visitar a Catedral e a Torre, o ingresso tem o valor de 9€. Compre o seu ingresso, aqui.

Bairro de Santa Cruz + Plaza Del Triunfo

O bairro de Santa Cruz é muito charmoso, as construções são coloridas e com varandas que nos fazem parar para observar. O mais interessante é ir andando, ver as ruas estreitas, os vários cafés tradicionais, tomar o café da manhão por ali.

Já a Plaza del Triunfo é onde ficam carruagens, um passeio parecido com os Tuk Tuks que temos em Lisboa.

O El Triunfo é um símbolo de agradecimento à proteção divina, fazendo referência ao terremoto de Lisboa em 1755, já que os tremores chegaram a ser sentidos na cidade, em pequena escala.

Real Alcázar de Sevilha

É um complexo com vários edifícios contruídos em épocas diferentes, a obra começou em 713 com os árabes. Possui jardins lindos e foi uma das locações da série Game Of Thrones em sua 5ª temporada, era a residência dos Martell.

Foi um lugar que não consegui entrar, não comprei o ingresso com antecedência e a fila estava enorme, deixei para ver numa próxima visita a cidade.

Aproveite e já compre o seu ingresso aqui. O valor da entrada é 18,50€.

Plaza de España

O lugar que mais amei conhecer em Sevilha foi essa praça. Tudo porque ela representa a história e cultura espanhola em toda sua construção.

A Plaza foi constuída em 1929 para ser palco da exposição Ibero-Americano e possui pontes, pavilhões, fontes, azulejos, bancos, lagoas e tudo isso com algum significado. As pontes representam os quatro reinos da Espanha. Os bancos representam cada uma das províncias espanholas.

É de longe a praça mais bonita, charmosa que se possa ver. Não tenho palavras para descrever o sentimento ao observar toda sua grandeza. Fiquei encantada e voltaria a Sevilha só pra ir nessa praça.

A entrada é gratuita.

Torre del Oro + Rio Guadalquivir

A Torre del Oro foi construída no sec. XIII e era um ponto de defesa das invasões que pudessem vir pelo rio. Uma das estratégias utilizadas era a de uma corrente que atravessa o rio, quando apareciam barcos indesejados, a corrente era erguida. Também, já foi uma prisão e um local de armazenamento de riquezas vindas do Oriente.

Hoje, é um museu naval. A entrada tem o valor de 3€.

Por cauda desse rio, Sevilha foi o primeiro porto de onde saiam as embarcações para a descoberta da América. O rio separa o centro de Sevilha do Bairro Triana, principal bairro pra quem quer ver apresentações de Flamenco.

É possível fazer um passeio de barco pelo rio e admirar a cidade ao redor. Para fazer esse passeio, compre seu ingresso aqui.

Metropol Parasol

É um estrutura feita de madeira composta por seis guarda-sóis com a forma de cogumelos, de grandes dimensões, cujo desenho se inspira nas abóbadas da catedral de Sevilha e dos ficus da praça Cristo de Burgos, próxima do local. Foi projetada pelo arquiteto alemão Jürgen Mayer-Hermann e a sua construção terminou em abril de 2011.

Tem uma altura aproximada de 26 metros e são 4 andares: um piso com com antiquarium, onde está sendo exibido vestígios arqueológicos romanos e árabes. A entrada no Antiquarium é de 2€.

Nos outros pisos são um mercado e terraços com vista panorâmica do centro da cidade! A entrada nesse terraço é de 3€.

Compre seu ingresso para o terraço, aqui.

Agora vem a história: no meu primeiro dia em Sevilha não fui no Metropol, deixei para outro dia e tive o azar de terem fechado o local para manutenção. Então não pude conhecer o terraço, só o mercado estava aberto! Esse é um ponto turístico que não pode mesmo faltar no seu roteiro quando for em Sevilha!

Hospedagem

O estilo da minha viagem foi bem low cost mesmo, então, fiquei hospedada no Hostel H2C. Gostei muito desse Hostel, porque os quartos são com banheiro privado. A organização e a limpeza, também, achei muito bons. Pelo benefício custo x localização, o preço foi ótimo. A localização não era muito central, andava uns 15 minutos para chegar ao centro. Fica próximo ao Metropol.

Para reservar esse Hostel, clique aqui.

Dicas

Dicas de onde comer em Sevilha, eu deixo para um próximo post em breve.

Aos domingos, as lojas, alguns restaurates e o centro comercial não abrem em Sevilha. Então, não sugiro visitar a cidade nesse dia ou ficar um dia além do domingo.

Da para fazer todos os passeios a pé, é tudo muito pertinho. Mas se não quiser andar, tem vários pontos para alugar bicicleta elétrica pela cidade.

Todos os links para compra de ingressos ou reserva de hospedagem são links de parceiros do blog. Você não paga nada a mais por isso e ainda me ajuda a manter o Tás a Ver.

Tem alguma dúvida ou sugestão pra acrescentar? Deixe seu comentário aqui abaixo e siga a nossa página lá no Facebook e no Instagram!

Até o próximo post! 😉


0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com

Assine nossa newsletter!

Nunca mais perca um post e fique por dentro de todas as novidades do blog.

Atualmente em:

Lisboa - Portugal
siga @tasaver.pt